Como lavar almofadas em 3 passos

2020-05-15

Como lavar almofadas em 3 passos

Consegue lembrar-se da última vez que lavou as suas almofadas? E não estamos a falar das fronhas, mas sim das próprias almofadas! Nem sempre nos lembramos de cuidar da almofada como ela merece. Mas todos sabemos: uma almofada limpa e fofinha pode ser a nossa melhor companheira para uma boa noite de sono. Fresquinha, a cheirar bem, macia e suave… tão bom!

Se é profissional das limpezas ou novo nestas andanças, não interessa. Vamos ver como lavar almofadas!

Está pronto para tirar notas?

Começando pelo início: com que frequência devemos lavar as almofadas? Há opiniões para todos os gostos, desde “de 2 em 2 meses” até de “de 6 em 6 meses”. Como sempre, o senso comum é bastante útil.

Se sente a sua almofada húmida, com manchas de sujidade ou maus odores, está na hora de lhe dar uma boa esfregadela 😊.

 

  1. Leia as instruções de lavagem (2 vezes!)

Já nos aconteceu a todos lavarmos, cheios de boas intenções, os nossos jeans favoritos manchados com café ou molho de tomate só para descobri-los, mais tarde, na máquina de lavar 2 tamanhos abaixo do nosso.

As etiquetas são nossas amigas e cuidado nunca é demais. Verifique as instruções de lavagem e secagem antes de lavar as suas almofadas e siga-as à risca.

 

  1. Agora vamos para a lavandaria

Primeiro, temos de verificar se a máquina de lavar é suficientemente grande para as almofadas e se o revestimento destas é suficientemente robusto. Sim? Então, podemos avançar.

Ao lavar as almofadas na máquina, trate-as com o maior cuidado: lave-as em água fria ou morna e num ciclo delicado, e utilize só um pouco de detergente líquido.

Além disso, nunca deixe uma almofada sozinha na máquina. Lave-as aos pares, para dar algum suporte.

 

  1. O passo mais importante: a secagem!

O segredo para uma almofada limpa é a secagem. Se, por um lado, é muito difícil secar completamente as almofadas, por outro, a humidade é a “casa” perfeita para bolor e alguns tipos de vírus e bactérias se alojarem.

Portanto, nunca é demais repetir: garanta que a sua almofada está sempre bem sequinha antes de a usar.

Para secar bem as almofadas, recomendamos alguns minutos na máquina de secar mais umas boas horas ao sol (pode-lhes fazer companhia, claro ☀️).

 

Dica: coloque 2 bolas de ténis na máquina de secar. Sim, leu bem, bolas de ténis. Vão ajudar a amaciar as almofadas.

 

Nem todas as almofadas são iguais

 

Almofadas de Pluma de Pato (Penas)

Como as almofadas de penas são muito delicadas e demoram muito a secar, merecem cuidados especiais.

O ideal é a lavagem a seco, que garante que as almofadas ficam limpas, higienizadas e, muito importante, sequinhas. Não se esqueça de deixá-las a arejar um pouco depois de estas chegarem da lavandaria.

Outra solução é lavá-las à mão com delicadeza. E, mais uma vez, deixe-as secar sem pressa com ajuda do sol e do ar fresco.

 

Almofadas Viscoelásticas e de Látex

Já as almofadas viscoelásticas e de látex são ainda mais delicadas. Não se devem molhar de todo! É quase tarefa impossível secar bem este tipo de almofadas, por isso temos de ser criativos para mantê-las limpas e evitar molhá-las.

Se a sua almofada viscoelástica ou de látex tiver manchas de sujidade, misture um pouco de água e detergente delicado, molhe uma toalha de algodão com a misture e passe-a suavemente pela mancha. Deixe-a a secar à vontade.

No caso dos maus odores, a única coisa que nos resta fazer é arejar bem a almofada. Sol e ar fresco fazem milagres.

E lembre-se, qualquer bocadinho de humidade na sua almofada rapidamente se transforma num bom ambiente para fungos e bactérias se propagarem. Uma almofada seca é uma almofada saudável.

 

Lembre-se da sua companheira todos os dias

O número de ácaros e partículas nada agradáveis que vivem nas nossas almofadas é impressionante! Além das lavagens frequentes de que falamos acima, há alguns cuidados diários que nos ajudam a manter a nossa almofada fresca e cheirosa:

  • A primeira regra é óbvia: nunca use a sua almofada sem fronha. A fronha é uma ótima protetora e resguarda a almofada de germes e sujidades.
  • Bata bem essas almofadas: ao fazer a cama pela manhã, abra as janeles e tire o excesso de sujidade e poeira das almofadas. Não custa nada e faz a diferença. Também pode aproveitar os fins de semana cheios de sol e deixar as almofadas na varanda. Elas agradecem
  • Costuma ter o quarto num brinco? Arejado, sem pó no chão, com a roupa da cama lavada? Já é meio caminho andado 😊.

Por fim, lembramos que, mesmo com os cuidados mais caprichados, nenhuma almofada dura para sempre. Veja aqui quando deve trocar de almofada.

Deixe o seu comentário!