Casais que dormem em camas separadas melhoram o sono?

2021-11-05

Casais que dormem em camas separadas melhoram o sono?

Passar as noites a dormir bem juntinhos é o plano dos casais quando começam a viver juntos. É muito bom sentir o aconchego que o outro nos proporciona, mas existem alguns fatores que podem prejudicar o nosso sono quando dormimos com companhia. Dormir em camas separadas pode ser benéfico para o casal e até para a relação? Vamos descobrir tudo ao longo deste texto.

Significa falta de amor?

É comum associarmos discussões com casais a dormir em camas separadas. É preciso romper com os clichês. A intimidade positiva leva a que os casais falem sobre os seus problemas. Um desses problemas pode ser a dificuldade em ter uma noite tranquila por conta das rotinas de sono do seu companheiro. Assim, e respondendo à questão: Não, não significa falta de amor. Muito pelo contrário. Pode significar que nos preocupamos muito com o descanso da pessoa que vive connosco.

Há mais do que uma razão

É importante que tenha um sono sem interrupções. Isso é fundamental para que acorde com energia. Os hábitos do seu parceiro podem prejudicar-lhe o descanso. Horários de sono diferentes, ver televisão na cama, movimentos bruscos, batimentos cardíacos acelerados ou suores são algumas das razões. Se o seu descanso está comprometido, promova algumas alterações. Tudo em nome de uma boa noite de sono.

Quais as consequências?

A falta de uma noite reparadora pode ter efeitos para a memória, entre os quais provocar déficit de atenção. Para além disso, pode fazer com que a apneia, pernas inquietas ou sonambulismos sejam sintomas frequentes da falta de descanso. Procure ter uma noite sem agitações para que os seus dias sejam mais positivos e produtivos.

Camas diferentes: é normal?

A instituição Sleep Health Foundation, num estudo realizado em 2019, concluiu que 17% dos casais dorme em camas separadas, independentemente de acontecer no mesmo quarto ou não. No Reino Unido, segundo a National Bed Federation, um sexto dos casais já opta por não dormir na mesma cama. É já bastante normal. Pelo menos, mais comum do que aquilo que se possa pensar.

Por razões económicas nem sempre é possível para os casais terem dois quartos disponíveis. Ou mesmo duas camas. Nestes casos, pode apenas conversar com o seu parceiro e fazer pequenas alterações. Terem os mesmos horários para dormir, pode ser um princípio. Ou substituir a televisão por um livro. Tudo por um bem maior: conseguir uma excelente noite de sono.

Deixe o seu comentário!